CA UCPD e a JMJ 2013

O Colégio Arquidiocesano de Ouro Preto Unidade Cônego Paulo Dilascio recebeu, no dia 17 de maio de 2013, a visita das réplicas da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), as quais percorreram a Arquidiocese de Mariana.

Foi uma oportunidade para que os alunos, juntamente da Igreja do Brasil e do mundo, viverem este momento com dinamismo e fé a espera da próxima JMJ.

Um dos maiores valores que a JMJ traz é a unidade. Quem participa de uma JMJ pode perceber concretamente, em seu coração, uma única e exclusiva linguagem, a linguagem do amor. É um momento em que várias culturas e espiritualidades convivem e se entendem. Alguém que observa do “lado de fora” pode questionar como tantas línguas e raças não se tornam uma “babel”; ao contrário, a juventude reunida ao redor do Papa dá um testemunho vivo de fé e de esperança em um mundo diferente, melhor. Isto porque os jovens são o tesouro da terra.

 A próxima Jornada acontecerá no Rio de Janeiro daqui a algumas semanas. Porém, já são perceptíveis os frutos deste momento rico de bênçãos de Deus na vida da Igreja do Brasil, desde a chegada dos símbolos da JMJ ao país, em setembro de 2011.

 1 DSC01279 DSC01290 DSC01299

Todas as (arqui) dioceses do Brasil se mobilizaram para viver esse tempo de graça. A Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora são carregados, literalmente, por milhares de jovens. Ao chegar, na capital de São Paulo, no Bote Fé, mais de 100 mil pessoas se reuniram para recebê-los, e outros tantos milhões acompanharam pelos meios de comunicação, tendo uma única finalidade: estar ao redor da cruz de Cristo, que significa o desejo de renovar o nosso coração. A entrega da Cruz, de uma diocese a outra, vai muito além de uma cerimônia formal ou obrigatória. A Cruz é passada de mão em mão, de ombro a ombro, entregando vidas e sonhos.

 Evaldo Rosa