PALAVRA DO DIRETOR

Ouro Preto, 23 de outubro de 2012.

Prezados (as) Senhores (as),

Cordiais Saudações!

Oportunamente, nos valemos deste meio, para, de forma documentada, reportarmo-nos aos senhores, com o objetivo de fazer os devidos esclarecimentos sobre os questionamentos aos quais  a Direção do Colégio Arquidiocesano e a Equipe que a assessora têm se submetido.

A princípio, agradecemos aos que têm nos procurado para saber devidamente dos fundamentos dos boatos e demais comentários sobre os  preços praticados quanto a mensalidades, uniformes e livros.

Entendemos que esta é a forma mais séria no trato interpessoal e por respeitá-los é que encaminhamos aos senhores cópia do Relatório conclusivo, que nos foi enviado pelo Ministério Público.

É impossível não manifestar quanto à falta de respeito por parte de um grupo, que, irrefletidamente e de forma irresponsável, levou à banalidade a idoneidade, a seriedade e a conduta das pessoas que compõem o corpo diretivo desta instituição. Desconhece que as tentativas, em tornar ingerente o sistema, que se propõe, confirmam o corrompido desejo de continuar as práticas de favorecimentos, o que é inadmissível para esta Direção e seus correlatos.

A mudança que desejamos e por ela trabalhamos no Colégio Arquidiocesano prima pela verdade e seriedade. Haja vista, trabalharmos com Educação e para a Educação.   Por isso, somente mediante o julgamento conduzido pela Instância competente  – o Ministério Público é que oficializamos e confirmamos a nossa resposta e conduta, compartilhando a conclusão do processo que segue em anexo.

Respeitosamente,

Diretor do Colégio Arquidiocesano de Ouro Preto

Segue o Ofício do Ministério Público para  download. O documento  é composto de 4 partes.

carta do Ministério Público  

Para abrir clique novamente em carta.