A mente educa o corpo e o corpo educa a mente

Na tarde do dia 25 de novembro, os(as)  alunos(as) do 7º ano do Ensino Fundamental – Anos Finais  do Colégio Arquidiocesano de Ouro Preto participaram de uma Visita Orientada ao Mosteiro Zen Pico de Raios.

A referida atividade pedagógica teve por finalidade oferecer aos(às) alunos(as) a visão, in loco, de uma das religiões orientais estudadas ao longo do Ano Letivo. Cabe, ainda, ressaltar a importância da Visita, uma vez que, ficou evidente a valorização da realidade em que os(as) alunos(as) estão inseridos(as), por se tratar do conhecimento de uma das práticas filosófico-religiosas, na cidade de Ouro Preto.

A fundação do referido mosteiro foi registrada, no ano de 1984, pelo Mestre Zen Ryotan Tokuda, com a intenção de divulgar a prática do Budismo. O espaço ocupa uma área de cerca de 4 hectares, com jardins, onde se encontram esculturas de Buda, feitas pelo Monge Tabajara Bushi e um mosaico com a imagem do Buda Shakyamuni – presenteado pelo consagrado artista mineiro, Inimá de Paula.

Durante a Visita, os(as) alunos(as) identificaram conceitos discutidos durante as aulas, conheceram esculturas e mosaicos variados, integrados com a beleza natural, que circunda o Mosteiro. Para os que se sentiram à vontade, foi oferecido um momento de meditação no Zendo, recinto reservado à prática budista.

Durante a visita a anfitriã, Monja Shinshi Tôkô, refletiu sobre os riscos de intoxicação pelo que é consumido, visto e ouvido, estimulando a vivência da saúde emocional, por meio da dialética da mente que educa o corpo e do corpo que educa a mente.

Tratando-se de uma atividade que envolveu as famílias dos discentes, destaca-se a percepção da senhora, Irene de Fátima, que ponderou à respeito do aprendizado sobre a postura corporal frente aos desafios da vida.