O Papel do Mito na sociedade

Negar o Mito é negar uma das expressões fundamentais da existência humana. O mito é uma das primeiras formas de dar significado ao mundo, com base no desejo de segurança. A imaginação cria histórias que podem propiciar tranquilidade, são exemplos e podem servir de norte no dia a dia, independentemente do desenvolvimento intelectual de cada indivíduo.

No campo político, certas figuras são consideradas como heróis, pois prometem combater, além da crise econômica, a corrupção, os privilégios, demais mordomias, inclusive, levar o país ao desenvolvimento, inserindo-o no Primeiro Mundo e, ainda, possibilitar riqueza a todos.

Os artistas e os esportistas, também, podem ser transformados em modelos exemplares, por serem fortes, saudáveis, bem alimentados, bem sucedidos na profissão, nas relações familiares e interpessoais – o que leva ao reconhecimento social e ao poder econômico.

Dentro dessa perspectiva os(as) alunos(as) da 1ª e 3ª Séries do Ensino Médio confeccionaram maquetes que foram apresentadas, nas aulas de Filosofia, sobre alguns mitos que ganharam expressões na sociedade atual.

A finalidade da referida atividade é compreender o papel do Mito e o seu sentido no mundo. É refletir sobre a afetividade e como a imaginação, em relação a uma figura mitológica, pode interferir nas ações e reações do ser humano.